Revirando o baú da INFO, descobri um tesouro. Trata-se de uma coleção com todas as edições publicadas em 1987, o ano de nascimento da revista. Além de várias matérias sensacionais, que mostraram a chegada dos primeiros computadores pessoais no Brasil, o arquivo está repleto de anúncios que servem como um retrato perfeito da época.
Uma das propagandas que mais me divertiu foi a do computador Solution 16, da Prológica. A empresa nacional oferecia, na edição de maio de 1987, uma máquina capaz de “acabar com o tira-e-põe de disquetes” graças a um disco rígido de generosos 20 megabytes.


Compatível com os periféricos dos PCs da IBM com e dos XTs, o Solution 16 prometia “a memória e a força do elefante, sem o tamanho e o preço do elefante”. Não sei quanto custava um elefante nos anos oitenta, mas, as configurações da máquina traziam que havia de melhor.

A tela monocromática verde tinha 12 polegadas e, além do leitor de disquetes padrão 5 e ¼, o Solution trazia 512 kbs de memória RAM e interface para impressora paralela.

Imagine agora comparar essa configuração com a de um tablet de hoje em dia…

Pin It on Pinterest