birdly

A base do simulador em construção – Imagem: Reprodução

Quando em 23 de Outubro de 1906 a aeronave 14 bis levantou voo e percorreu cerca de 60 metros com 5 metros de altitude, o nosso herói nacional Alberto Santos Dumont provou ser possível voar com algo mais pesado que o ar. A sensação deste voo libertou não só um limite do ser humano, mas mandou ainda mais longe a nossa imaginação. E é com esta força de vontade em espelhar a natureza que quatro pesquisadores da Universidade de Arte de Zurique criaram uma simulação de voo com o Oculus Rift, proporcionando sensação equivalente a voar como um pássaro.

O simulador foi construído com uma mesa com articulações de uma asa (amortecedores, atuadores e braços articulados), sensores que captam o menor movimento delas, um ventilador e um software de simulação funcionando em conjunto com o Oculus Rift. O usuário tem a grata sensação de controlar o voo e a visão movimentando as asas e o corpo. Pelos vídeos de apresentação é possível ter uma ideia de como ele funciona. De acordo com o movimento e a altitude do voo, a intensidade do vento muda. Que tal?

Veja o vídeo oficial de demonstração:

E uma entrevista para a Keystone:

Pin It on Pinterest