Sensor de visão computacional rastreia objetos coloridos

por | set 12, 2013 | Info, Sem categoria | 0 Comentários

pixy

Hardware Pixy conectado no Arduino – Imagem: Reprodução

Pixy é um sensor de visão que rastreia objetos coloridos. A configuração inicia através de um treinamento. Você aperta um botão e ele reconhece a cor e a dimensão do objeto. A partir daí, o sensor passa a rastrear a localização e fornecer através de uma interface padrão a localização exata do objeto.

A iniciativa de desenvolver este circuito inovador foi tomada pelo laboratório Charmed Labs, na universidade norte americana Carnegie Mellon. A motivação foi resolver um dos problemas da visão computacional, que é lidar com muita informação e algoritmos que requerem grande esforço de processamento. O pequeno hardware limita o escopo dos sensores (câmera e  e faz dele um excelente acessório para circuitos baratos como o Arduino.

PixyTrain

Treinando o Pixy para acompanhar a bolinha em um jogo de ping pong – Imagem: Reprodução

O Pixy é bem rápido. Ele processa imagens de 640 por 480 pixels em 20 milisegundos (50 frames por segundo). Ele também é capaz de detectar 7 cores diferentes e mais que isso se você combinar cores. No caso das combinações ele ainda informa o ângulo. Com isso você pode por exemplo criar um robô que detecta onde está a tomada.

PixyMon

Software para acompanhar o que acontece depois do processamento – Imagem: Reprodução

Através de um software, batizado de PixyMon, você consegue enxergar o que o sensor está visualizando, incluindo as coordenadas dos objetos. O projeto está nas últimas horas no site de financiamento coletivo Kickstarter. O valor mínimo para conseguir um é 59 dólares (incluindo um cabo para ligar no Arduino).

By Adilson

Confira estas postagens relacionadas

Em Busca da Cidade Mais Perigosa da Internet, o documentário da Norton sobre cibercrime

Em Busca da Cidade Mais Perigosa da Internet, o documentário da Norton sobre cibercrime

O que leva um hacker a invadir sistemas ou interceptar dados? Interesses financeiros? A adrenalina do desafio? Motivações políticas? O apreço pelo caos? A Norton decidiu abordar o assunto em um documentário deveras interessante: Em Busca da Cidade Mais Perigosa da Internet. Líder mundial em segurança digital, a Norton utilizou a sua vasta

ler mais

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest