Escolha uma Página

tizen

De acordo com o The Wall Street Journal, a Samsung abandonou a iniciativa de utilizar um sistema próprio em seus dispositivos móveis. Antes mesmo do lançamento, o chamado Tizen foi descartado porque a companhia reconheceu que a competição com o Android, iOS e Windows Phone seria muito difícil.

Quem informa o fim do projeto ao jornal americano é uma fonte não revelada da operadora de telefonia móvel NTT Domoco, do Japão, país em que a empresa tinha planos de lançar um smartphone com Tizen em março deste ano.

O sistema foi criado pela Samsung em parceria com a Intel e pode ser apresentado oficialmente na Mobile World Congress, feira de tecnologia que acontece em Barcelona, na Espanha, entre os dias 24 e 27 de fevereiro. Ambas empresas têm interesse em usar o Tizen em outros produtos além de smartphones e tablets. TVs, notebooks e câmeras são alguns exemplos.