robo

Assim que comprou uma impressora 3D, o escultor francês Gael Langevin percebeu que poderia criar algo diferente. Ele desenhou e imprimiu um robô, que batizou de InMoov. Gostou tanto do resultado que resolveu liberar no site do projeto os arquivos e tutoriais usados.

“Meu principal desafio foi criar modelos de peças que pudessem ser feitos por qualquer impressora 3D”, diz Langevin, que não sabia nada de robótica antes do InMoov. “Quero que todos possam construir um robô.”

Os materiais usados, como os fios de náilon para os movimentos, podem ser comprados em qualquer loja. O software myrobotlab faz o InMoov funcionar. “A intenção agora é que cada nova tarefa que um robô aprender seja enviada a um banco de dados online, para ser compartilhada por todos os outros InMoov”, diz Langevin.

Pin It on Pinterest