Escolha uma Página
TegraK1

Processador de quatro núcleos, codinome Denver – Imagem: Divulgação

Parte de uma estratégia de inovação a Nvidia revelou no último domingo seu novo processador móvel, o Tegra K1. Segundo Jen Hsun Huang, CEO da empresa, o novo Tegra K1 avançou tanto em desempenho que ele não pode ser considerado apenas um Tegra 5, a quinta geração do processador.

O K1 será comercializado em duas versões distintas, uma de 32 e outra de 64 bits. Ambas as versões incluem um chip gráfico com 192 núcleos CUDA, com arquitetura Kepler. A mesma arquitetura utilizada nas placas gráficas GeForce. Isto é uma grande vantagem competitiva já que introduz efeitos gráficos só possíveis em notebooks e desktops tradicionais. Ela suporta inclusive tecnologias como o DirectX 11 e OpenGL 4.4. Um detalhe interessante é que a empresa fez uma comparação de benchmark com a geração passada dos consoles (Xbox 360 e PS3) e o novo chip levou a melhor. Outra comparação inevitável foi com o processador A7, da Apple. E nesta ele foi três vezes superior.

Para demonstrar o poderio da nova arquitetura a Nvidia apresentou o motor gráfico Unreal 4 rodando em um protótipo com o sistema operacional Android, inclusive em uma versão 64 bits – o primeiro do gênero. As demonstrações incluem novos efeitos de reflexão da luz e técnicas como a tesselação. Veja o vídeo oficial:

A diferença não está somente no desempenho gráfico. As duas versões do processador terão diferenças na quantidade de núcleos. A versão de 32 bits vem com um processador de quatro núcleos ARM Cortex A15, rodando no máximo a 2,3 GHz. Já versão de 64 bits tem apenas dois núcleos ARMv8 e chegará apenas na metade do ano. Vale lembrar que os quatro núcleos são na verdade cinco, mas o quinto é mais fraco, usado em ocasiões específicas como manter o aparelho em estado de espera. A tecnologia é referenciada como 4-plus-1 e foi introduzida no Tegra 3.

Ainda não há nenhum aparelho disponível no mercado, mas a expectativa é que isso ocorra em breve. A empresa revelará mais detalhes esta semana no evento CES 2014, que começa oficialmente amanhã.