pressy

Muito antes que a palavra “smartphone” tivesse qualquer significado, a entrada P2  já era usada para transmitir dados e controlar funções como o volume das músicas reproduzidas por um fone. Curiosamente, ninguém até agora havia considerado utilizar essa conexão como um controle mais versátil. Até agora. A ideia do projeto de Kickstarter Pressy é justamente essa: um botão físico que pode ser configurado para controlar uma série de funções dos smartphones com Android.

O hardware em si é extremamente mundano. Ele não passa de um conector de 3,5 mm com três contatos, idêntico ao utilizado em fones com microfone embutido. A única diferença é que o botão de controle que costuma ser instalado no cabo foi posicionado diretamente na ponta oposta do P2.

pressy 2

Obviamente, o truque do Pressy diz mais respeito ao software do que ao hardware. Essencialmente, o aplicativo inicia um processo de plano de fundo que monitora o conector de fones. O programa em si só é ativa do quando um P2 é detectado, o que torna o consumo extra de energia negligenciável. Quando o Pressy é de fato plugado no smartphone, o aplicativo entra em ação para executar comandos a partir de uma combinação de cliques no botão. Como tudo é feito pelo software, não há nada que impeça o usuário de ativar os mesmos comandos com cliques no botão de controle de um headset, por exemplo.

Por padrão, existem três ações pré-configuradas: um clique rápido ativa o flash da câmera traseira, um clique prolongado ativa ou desativa o modo silencioso e dois cliques rápidos tiram uma foto sem sequer ligar a tela do aparelho. Dentro da interface do aplicativo existem ainda mais opções. Na prática, o usuário pode relacionar qualquer comando a uma combinação de até três cliques longos ou curtos. Isso quer dizer que o Pressy pode assumir até 12 funções.

A simplicidade do Pressy parece ter encantado os frequentadores do Kickstarter. O projeto atingiu seu objetivo em apenas um dia. Com uma doação de 17 dólares (sem contar o frete de 5 dólares para entregas fora dos EUA), você já garante um Pressy. Quem quiser uma API para desenvolver aplicativos baseados no acessório precisa desembolsar 1000 dólares.

Pin It on Pinterest