PS4 diagrama

Como qualquer aparelho que emite ondas de rádio, o PlayStation 4 teve que ser homologado pelo FCC. Mas quem se importa com regulamentos estatais e segurança? O interessante nessa história é que o relatório de testes da entidade descreve o console em detalhes.

Como esta é uma versão de desenvolvimento, especificações como dimensão e peso não valerão para o console final. Contudo, podemos assumir que o hardware interno é o definitivo. O FCC deixa escapar, por exemplo, que o PS4 terá um “clock máximo” de 2,75 GHz. A princípio, imaginei que essa era a frequência da APU, mas isso seria impossível porque a microarquitetura Jaguar da AMD não passa de 2 GHz no processo de fabricação atual.

Esse clock é quase com certeza referente aos chips de RAM. Há algum tempo já se sabe que a memória GDDR5 do PS4 terá uma banda de 5,5 Gbps. Como o data rate é sempre o dobro da frequência de escrita (refletindo 2 bits escritos por ciclo), 2,75 GHz é o esperado.

ps4 diagrama 3

Quanto às conexões, esse modelo tem algumas portas extras para desenvolvedores. O restante das portas físicas é óbvio: USBs, HDMI, ethernet e áudio óptico. Como o Jaguar tem suporte nativo a USB 3.0, é de se esperar que as portas do PS4 sigam essa especificação. Estranhamente, o FCC classifica o controlador de Wi-Fi como 802.11 b/g/n, sem nenhuma menção à nova especificação ac, que é muito mais rápida. Para um console que pretende durar anos a fio, essa é uma decisão questionável. Espero que essa seja uma particularidade da versão de desenvolvedor ou que a Sony eventualmente integre o Wi-Fi ac em algum modelo do console. Outro ponto curioso é o suporte a bluetooth low energy, que costuma ser utilizado por aparelhos como relógios e periféricos de pequeno porte.

 

Pin It on Pinterest