dk1

Ontem, os dois personagens mais populares da Nintendo fizeram aniversário. Em 9 de julho de 1981, a então produtora de cards e brinquedos japonesa lançava um de seus primeiros games, Donkey Kong. No jogo, Mario (que na versão original ainda se chamava Jumpman) precisa resgatar uma princesa raptada pelo macaco gigante Donkey Kong.

Criado por Shigeru Miyamoto, o jogo era uma tentativa da Nintendo se fixar no mercado norte-americano. Curiosamente, lançar Donkey Kong não era o plano original da empresa. A ideia era criar um game baseado no personagem Popeye.  Depois de não conseguir comprar a licença, por ser cara demais, a Nintendo decidiu criar um jogo que pelo menos imitasse a disputa entre Popeye e Brutus.

Devido à similaridade entre Donkey Kong e King Kong, a Universal Studios processou a Nintendo, alegando que o jogo violava os direitos autorais da produtora de filmes. Porém, a Nintendo alegou que o termo “Kong” é uma gíria japonesa para “gorila”, o que fez a Universal perder o processo.

O jogo teve duas sequências, Donkey Kong Jr. e Donkey Kong 3, além de um spin-off, Mario Bros, todos baseados na plataforma do game original. A Nintendo reviveu o personagem anos depois, quando a desenvolvedora Rare lançou a série Donkey Kong Country, que fez sucesso no Super Nintendo nos anos 1990. Desde então, diversos jogos com o gorila foram lançados para os consoles da empresa.

A primeira versão de Donkey Kong ainda é objeto de culto entre os gamers, que consideram o jogo um dos mais difíceis de todos os tempos. Campeonatos baseados no game são disputados todos os anos no mundo todo. O documentário King of Kong, de 2007, mostra como a comunidade de jogadores de Donkey Kong é ativa – e cheia de intrigas. O filme mostra a disputa entre dois jogadores que lutam pelo título de “Melhor jogador de Donkey Kong do mundo”.

Veja o trailer do documentário:

Pin It on Pinterest