pillow

Lembra do hit Ostrich Pillow? Pois é, eu também não. Mas a Studio Banana Things considerou que a ideia de um travesseiro de viagem que envolve toda a cabeça merecia outra tentativa. Assim nasceu o Ostrich Pillow Light, que não ainda usa penas de avestruz, mas parece sim ser mais leve que a versão original, em vários sentidos.

O Ostrich Pillow original.

O Ostrich Pillow original.

A ideia em si não é ruim. Um dos problemas de se usar um travesseiro no avião, ônibus ou durante uma aula sobre ética kantiana é que nunca há um lugar bom para apoiá-lo. A Studio Banana Things resolveu essa questão transformando o travesseiro em uma banda elástica que se prende à cabeça. Claro, ele é um pouco mais sofisticado do que parece: o enchimento é composto por milhares de contas microscópicas, cada uma delas envolta por uma camada de silicone. Supostamente, elas mantém o travesseiro leve, fofo e ainda conseguem barrar um pouco do som externo. O tecido externo é 95% elastômero e 5% Viscose, não muito diferente daqueles travesseiros de ombro comuns. O único problema é óbvio: você precisa ser um tanto ousado para usar algo tão bizarro em público.

Como não poderia deixar de ser, o novo Ostrich Pillow está no Kickstarter. Doações de 28 libras (cerca de 98 reais) ou mais garantem uma unidade, que deve sair da fábrica ainda em dezembro deste ano. Se você não estiver interessado em um travesseiro, pelo menos o Ostrich Pillow pode ser usado como peça para um cosplay do grande Jeremiah, rei de Xanthous, que ensina jogadores de Dark Souls a não ficarem se escondendo atrás de escudos ou a dependerem demais de magias.

Jeremiah

Pin It on Pinterest