aol06_rev_grad_blue_rgb

Na metade da década de 1990, a internet ainda começava a entrar nos domicílios americanos. A conexão era lenta, as páginas eram toscas e a ideia da criação de uma rede social com mais de 1 bilhão de usuários não passava de um delírio. Mesmo assim, as empresas já começavam a buscar informações sobre a rede, interessadas em seu possível potencial econômico.

Para relembrar essa época, o site americano Comscore divulgou um comunicado de 1996, fornecido pela consultora PC Meter. No documento, a instituição exibia os sites que eram campeões de audiência dentro dos Estados Unidos. O provedor America Online reinava na primeira colocação, o buscador Webcrawler.com aparecia na vice-liderança enquanto o site do Netscape figurava na terceira posição.

A primeira geração de gigantes da internet, como se pode notar, não conseguiu ter fôlego para manter a liderança na web. Um dos principais motivos para isso foi a Bolha da Internet, que aconteceu em 2000: infladas pela expectativa dos investidores, algumas empresas digitais conseguiram rápida valorização na Nasdaq, mercado de ações eletrônico americano. Em um curto período de tempo, no entanto, os valores dos papéis começaram a despencar, causando o fechamento de empreendimentos e abalando a reputação do setor.

Entre os cinco primeiros sites mais acessados em 1996, apenas o Yahoo! continua a operar com força ainda hoje. Após a nomeação de Marissa Mayer como CEO, a empresa realizou uma série de aquisições para tentar produzir serviços inovadores e atrair os jovens para o site. Em maio, Mayer anunciou a aquisição do Tumblr, em uma negociação estimada em 1 bilhão de dólares.

Veja a seguir a reprodução do comunicado da PC Meter, com os sites líderes de audiência na década passada:

pcmeter-1996

Crédito: Comscore

 

 

 

Pin It on Pinterest