No final dos anos 90, a proximidade da Feira Nacional de Software mexia com os hormônios dos geeks brasileiros.  Numa época em que a internet ainda era para poucos, a tradicional Fenasoft cumpria o papel de mostrar as maiores novidades da indústria da tecnologia. Nesse post, vamos relembrar a edição de 1998.

 

Em matéria publicada na INFO 149, em agosto de 1998, a revista mostrava as grandes estrelas da feira daquele ano. Entre os destaques, um ~~poderoso~~ PowerBook com processador de 250 MHz e uma TV que se conectava à internet… via modem de 33 kbps! Relembre essas e outras estrelas da saudosa Fenasoft:

 

“O notebook PowerBook G3/250 MHz, da Apple, apresenta tela de matriz ativa de 13,3 polegadas e 32 MB de memória RAM. Possui fax/modem interno de 56 600 bps. Seu disco rígido é de 4 GB. O preço sugerido é 5 970 reais”

“A Internet TV, da LG Electronics, vem com modem embutido de 33 600 bps. Sua tela, de 32 polegadas, é dividida ao meio para mostrar a programação dos canais e as páginas Web, em browser próprio. Estará à venda no próximo ano (preço não definido)”

 

“Já é possível telefonar ou enviar fax pela Internet com aparelhos comuns sem usar um PC. A PAT Telecom mostrou um sistema que funciona com uma caixinha chamada de gerenciador automático de ligações. Paga-se a adesão e a mensalidade (15 reais cada), além dos custos por minuto”

 

“O Jet Mail Light, gerenciador de nomes e endereços para controle de mala direta, foi desenvolvido pela Stern. Seu objetivo é atender às pequenas e médias empresas. Uma das novidades é a possibilidade de sincronizar as informações com o PalmPilot III, da 3Com. Custa 50 reais”

 

“O no-break Engentron Jr. tem 610 VA de potência e é indicado para alimentar uma estação de trabalho composta de um micro, uma impressora e um scanner. Custará 399 reais.”

 

“Uma série de câmeras de videoconferência da coreana LG Electronics estará em demonstração na feira. Destaque para o modelo LVC-M100N.”

 

“O Everest, da Complex, é um software de autoria multimídia. Ajuda na construção de catálogos eletrônicos e no gerenciamento de arquivos.”

 

“Os drives de DVD já estão desembarcando no Brasil. O DRD-820B, da LG, é um drive da segunda geração. Sua taxa de transferência de dados é 2700 KB por segundo e desempenho de 24x.”

E você, já foi em alguma Fenasoft? Qual sua lembrança mais marcante? Compartilhe sua história aqui nos comentários ou lá no Twitter, no @jbarreto_info. Para mim, acho que em 1999, o que  lembro com mais saudades foi o fato de tirar fotos digitais e ganhar o arquivo em um disquete. Aquilo parecia muito moderno!

 

Pin It on Pinterest