(Créditos: Reprodução / Amazon)

(Créditos: Reprodução / Amazon)

Dias depois de anunciar a set-top box FireTV, a Amazon iniciou os testes para um novo e curioso aparelho. Chamado de AmazonDash, o dispositivo serve como um scanner de produtos ligado à AmazonFresh, subsidiária de produtos para entrega imediata da gigante de e-commerce.

Basta aproximar o gadget do código de barras de um pacote de bolacha (ou biscoito, dependendo de onde você estiver), por exemplo, para que ele seja adicionado à lista de compras no mercado virtual. O Dash também funciona baseado em comandos de voz: como um microfone, é só aproximá-lo da boca e, com um botão pressionado, dizer os produtos que precisa comprar, como uma dúzia de maçãs ou duas dúzias de laranjas.

A ideia vendida pela Amazon é a de um produto que já fica na cozinha, sempre à mão, para repor o estoque caso o cereal das crianças acabe. Ele fica conectado à rede Wi-Fi da casa, ligado diretamente à conta do usuário na AmazonFresh. Muito conveniente, e uma boa tática da companhia para conseguir ainda mais dinheiro.

Por ora, o AmazonDash está em fase de testes, e apenas alguns convidados receberam um aparelho de graça para experimentá-lo. A página para cadastro de novos interessados, no entanto, está no ar. Só que, infelizmente, essa “varinha mágica” não deve chegar tão cedo ao Brasil: a loja de entrega imediata de comidas, bebidas e bugigangas no geral funciona apenas no sul da Califórnia, em São Francisco e em Seattle.

Pin It on Pinterest