D-Link-DIR505

USB e Ethernet no detalhe – Foto: INFOlab

Por princípio, considero você como um usuário doméstico. Neste ponto de vista, você não terá mais de 32 aparelhos conectados pela rede sem fio – considerando seu celular, notebook, tablet televisão, home theather e outros. Se a premissa for verdadeira, o roteador DIR-505 é versátil o suficiente para lhe fornecer acesso Wi-Fi 802.11 b/g/n (sendo o n 150 Mbps). E, para dizer o mínimo, é fácil de ser transportado.

Seguindo a ideia do design minimalista – no sentido de redução formal e uso de cores neutras, o roteador é discreto e cabe no seu bolso. Pode ser tranquilamente confundido com uma fonte de notebook, tal qual sua inspiração, a primeira geração do Apple Airport Express. E com vocação semelhante, é prático para viagens ou ambientes domésticos, sem que a distância seja um grande empecilho. O alcance e o desempenho não são seus atributos mais proeminentes, mas ele pode ser útil para ampliar um pouco o alcance de outro roteador em funcionamento.

Configurar este roteador é tarefa simples. Ele tem um botão seletor do modo de operação, que são três: roteador, repetidor e ponto de acesso. Como aqui no laboratório da INFO já temos um roteador tradicional exercendo esta função, resolvi utilizá-lo como um ponto de acesso secundário, isto é, conectado ao nosso roteador e ao mesmo tempo, fornecendo uma outra rede de acesso.

Liguei na tomada e uma rede sem fio padrão começou a funcionar. O nome dela é dlink-5979 e a senha está em um adesivo no próprio aparelho ou em um cartão que vem com o produto. Abrindo o navegador, qualquer endereço que digitei caiu na interface de configuração (depois você pode usar o endereço http://dlinkrouter). Da primeira vez, o perfil de administração está sem senha (não esqueça de mudar) e o assistente de configuração está em inglês. Siga-o passo a passo e rapidamente terá seu dispositivo funcionando.

Dois recursos dele valem a menção. O primeiro é um servidor compatível com o DLNA. Basta conectar um pen drive e você poderá acessar o conteúdo multimídia direto na sua TV, se ela for compatível. O segundo é um serviço web de acesso aos arquivos (os mais básicos formatos), chamado SharePort Web Access. Você pode acessar via Android ou iPhone (o QRCode que leva a loja de aplicativos está no manual) ou via navegador, na URL http://dlinkrouter:8181/. O usuário e senha é o que você definiu. Esqueça a ideia de conectar um HD externo nele.

O preço estimado dele é algo em torno de 200 reais. Neste valor, existem roteadores com maior alcance e velocidade, mas talvez não a mesma praticidade. Mais detalhes, principalmente o desempenho dele, você confere em Reviews.

Pin It on Pinterest