cookoo-no-pulso

O relógio tem grandes proporções – Imagem: INFOlab

Quando o Cookoo chegou no INFOlab logo conjecturamos se o relógio poderia ser enquadrado realmente na categoria de relógio inteligente. Nada de câmera digital na pulseira, tela sensível ao toque, display colorido ou possibilidade de instalar aplicativos de terceiros. Por princípio,ele tende a ser um relógio comum com funções adicionais via Bluetooth 4.0 LE.

Comecemos pelo fim da história: ele é um dos poucos, senão o único, relógio inteligente que não requer sucessivas cargas durante o uso. Isto porque ele usa uma pilha convencional de relógio (CR2032). Para que as funções “conectadas” não interfiram no funcionamento básico do relógio analógico dele, uma segunda pilha (SR626SW) serve o propósito. Segundo o fabricante, a pilha dura estimados 3 anos.

O relógio é resistente à água. Até 5 atm de pressão não por muito tempo. Semelhante ao que o Pebble oferece. Com um motor de vibração e um alerta sonoro,  o relógio avisa quando chega um SMS, e-mail, lembrete, alarme e mensagens do Facebook ou Twitter. Avisa também quando a bateria está no final e pode servir para encontrar seu dispositivo (em caso de pura distração). Com menor utilidade, ele também pode disparar a câmera (para incluir você na foto da turma).

Mas nem tudo nele são voos a favor dos ventos. Com a alcunha de beta, como se fosse possível se proteger do escrutínio dos usuários, o aplicativo para Android é destinado apenas para o Galaxy S4. Com paciência, é possível instalar ele em outros smartphones, mas o funcionamento não é garantido. Fiz uma tentativa no Galaxy S4 Active (a versão robustecida do smartphone de referência). Com comportamento errático, sequer foi possível acertar a conexão Bluetooth, mesmo seguindo o manual com afinco.

 

iphone5-cookoo

Mesmo no iOS 7 a interface requer ajustes – Imagem: INFOlab

Passado a afobação em fazê-lo funcionar, resolvi seguir as orientações da embalagem e do site. Isto é, há um direcionamento claro para dispositivos Apple. Ele é compatível com os dispositivos: iPhone 5, iPhone 4S, iPad mini, iPad (3 e 4 geração) e iPod touch (5 geração).

O nome de batismo Cookoo remete a infância do criador. Ele costumava escutar na casa da avó o sonido do pássaro. Não o real, mas o pássaro de um relógio de parede extremamente preciso. Para fazer jus ao nome, que faz alusão a ordem dos Cuculiformes, o relógio vem em uma caixa que serve de casa para estas pequeninas aves. Propósito nobre e interessante, não fosse o fato deste tipo de pássaro ser encontrado com mais facilidade na Europa e no continente Africano.

casa-cookoo

No detalhe a presilha que você precisa remover para usar a caixa como casa do pássaro – Imagem: INFOlab

O conjunto custa 129,99 dólares pelo site oficial. Ele será comercializado no Brasil também. No ano passado o projeto conseguiu financiamento pelo Kickstarter. Foram cerca de 305 mil dólares arrecadados (2560 interessados).

Pin It on Pinterest