Jabra-Motion-UCPlus

No detalhe a conexão microUSB para carga e a área sensível ao toque do volume – Imagem: INFOlab

O monofone isola muito bem o ruído externo. Fazendo um teste rápido, tampei uma orelha, e com o fone encaixado na outra, pedi para alguém do laboratório falar um número como se estivesse conversando normalmente. A sensação é a de estar focado apenas no som que ele reproduz. Não fui capaz de ouvir o número pronunciado. Isto é possível graças a dois detalhes da configuração: um microfone duplo e um processador de sinais digitais (DSP). Há inclusive patente em curso para a implementação que a empresa fez.

Configurar o fone é uma tarefa muito simples, especialmente se você tem um smartphone com suporte a tecnologia NFC. Basta encostar o smartphone no fone com a haste aberta para que a conexão Bluetooth seja estabelecida. Quem não tem este recurso, pode pressionar o botão central, abrir a aba do microfone e encaixar o fone no ouvido. Ele fica pronto para a conexão. Siga as instruções de voz, em inglês. Se seu notebook não possuir suporte a Bluetooth, o pacote inclui um pequeno USB Bluetooth chamado Jabra Link 360 (bem pequeno mesmo).

Infelizmente o Motion não tem suporte ao protocolo AVRCP, que permitiria controlar o reprodutor padrão. O Bluetooth é padrão 4.0 e ele tem um sensor de movimento que desliga o fone quando não houver uso. Segundo o fabricante a bateria pode durar algo em torno de 7 horas de uso intenso. Em espera, lá se vão 360 horas.

Para atender uma ligação há um botão na ponta da haste. É por ele que você também aciona o comando de voz. Para descobrir quais comandos você pode dizer, é só falar “What can i say?”. Os mais úteis são: “Battery” e “Redial”. Para saber quanto tempo lhe resta de conversação, ou fazer uma chamada para o último número discado. É preciso forçar um sotaque para reconhecer o comando Battery, mas os demais fluem bem. O controle de volume é sensível ao toque e fica no arco que envolve a orelha. Aumentar o volume para muitos vai parecer que você está coçando a orelha. Apesar de enfadonho, funciona muito bem. O botão no meio do fone informa quanto falta para acabar a bateria.

Suporte Jabra Motion Aberto

Três formatos emborrachados de acabamento do fone na caixa – Imagem: INFOlab

Um detalhe interessantíssimo, que nos pegou de surpresa, foi a base que carrega a bateria do Motion. Ela na verdade é uma caixa que guarda todos os acessórios. Quando a caixa chegou no INFOlab, imaginamos que o fone não havia sido entregue. Notamos pelo manual que a base na verdade é também uma caixa de transporte – Ok! Óbvio, não é? Como havíamos testado baterias externas recentemente, a obviedade do ato pediu licença e saiu de cena.

O preço sugerido do Jabra é 749 reais. Alto preço para um monofone, principalmente porque o gênero não agrada todo mundo. Mas o puro sangue acumula 8 gerações de evolução.

Pin It on Pinterest