Escolha uma Página
WD MyCloud

Nuvem pessoal com o WD My Cloud de 2 TB – Imagem: INFOlab

A discussão sobre o custo de armazenamento é algo que depende muito de escala. A máxima de quanto maior o espaço de armazenamento na nuvem, menor é o custo pode não ser a questão crucial. No quesito segurança, seja ela de uma micro empresa ou até doméstica, o melhor mesmo é usar um armazenamento local. E neste caso, o Western Digital My Cloud de 2 TB vai muito bem.

O primeiro passo para usar o armazém de dados é conectá-lo via cabo ethernet no roteador. Assim que a luz azul aparecer, basta apontar o navegador para http://wdmycloud.local/ (OSX) e http://wdmycloud/ (Windows). A interface gráfica é excelente. Simples e muito bem organizada como as coisas devem ser. Por lá, é possível habilitar recursos como o compartilhamento de arquivos via DLNA e iTunes Media Server.

 

InterfaceWDMyCloud

Interface responsiva via navegador web – Imagem: INFOlab

Um dos recursos interessantes bacanas é a notificações por e-mail, caso aconteça algum alerta crítico ou outro alarme, como um reinicio por falha elétrica. Não é preciso nenhum conhecimento de como configurar o acesso do servidor de e-mail. A Western Digital usa o dela embutido na configuração. Basta indicar o destinatário.

Para ganhar mobilidade – e justificar o nome de My Cloud, é possível acessar remotamente através do portal https://www.wd2go.com/. Através de um cliente java, seus arquivos ficam disponíveis no navegador. Para o caso dos celulares com iOS ou Android, o aplicativo é o WD My Cloud. Também existem clientes específicos para Desktop, consulte o site oficial. Em ambos os casos é possível enviar arquivos direto para sua pasta compartilhada. Você pode inclusive criar um usuário para cada pessoa da sua família.

WD My Cloud Expansão

Expansão do armazenamento é possível via USB 3.0 – Imagem: INFOlab

O WD MyCloud faz bastante sucesso nos Estados Unidos com versões de 2, 3 e 4 TB. A versão de 2 TB chega oficialmente ao Brasil custando cerca de 749 reais.