Moto-X

A Motorola e o Google finalmente apresentaram o smartphone Moto X em um grande evento nesta quinta-feira (1) na Big Apple (Nova York).

O aparelho era bastante aguardado desde o final de 2012, quando o Google anunciou a compra da Motorola Mobility por US$ 12,5 bilhões.

Embora as especificações do smartphone não sejam nada além do que os modelos topo de linha já oferecem, o Moto X permite que o consumidor personalize o aparelho ao seu gosto.

[Confira mais imagens do Moto X]

Para isso, os consumidores da operadora AT&T poderão utilizar o site Moto Maker para selecionar as opções de cores e até mesmo palavras que queiram gravar na parte traseira do aparelho.

Ao todo são 504 combinações possíveis disponíveis para o Moto X: são 18 opções de cores para a parte traseira do aparelho. Além disso, também é possível escolher a borda frontal nas cores preta ou branca, os botões laterais também podem ser coloridos, bem como o anel da lente da câmera.

moto-x-line-2

Partindo para as especificações, a tela AMOLED do Moto X terá 4,7 polegadas com resolução HD (720p e 316dpi), 2GB de RAM, 16GB de espaço interno (haverá um modelo de 32GB pela operadora AT&T), câmera traseira Clear Pixel de 10 megapixels e frontal de 2MP (ambas gravam em full HD), bateria de 2.200mAh, NFC, Bluetooth 4.0 e suporte a rede 4G.

A Motorola também confirmou que o Moto X será o primeiro Android a utilizar o chip de celular nano-SIM.

O Moto X traz um novo modelo de processamento móvel chamado X8 Mobile Computing System. O sistema SoC consiste em uma CPU dual core Snapdragon S4 Pro com 1,7GHz e uma GPU quad core Adreno 320.

Um dos núcleos de processamento será utilizado para lidar com interpretações de linguagem (nesse caso o Google Now) e o outro núcleo servirá para computação contextual, que gerencia os sensores do smartphone.

As vendas do Moto X começarão ao final de agosto nos Estados Unidos, Canadá e América Latina. No site brasileiro da Motorola já há opção para cadastro de interessados no aparelho.

O modelo de 16GB custará US$ 199 em contrato de dois anos com as principais operadoras americanas (AT&T, Sprint, T-Mobile, US Cellular e Verizon). Já o modelo de 32GB, exclusivo da AT&T, será vendido por US$ 249 – também em contrato de dois anos.

A Motorola não divulgou mais detalhes sobre a disponibilidade global do Moto X, mas a expectativa é que muito em breve o smartphone também seja lançado em outros mercados.

Pin It on Pinterest