motoxAnunciado ontem em um evento em Nova York, o novo Moto X não agradou muito no quesito preço – 199 dólares em um contrato de dois anos, mesmo preço do Galaxy S4. No entanto, modelos mais baratos do smartphone devem ser lançados em breve, garantiu o CEO da Motorola Dennis Woodside, em entrevista à CNET.

Os aparelhos farão parte da mesma linha Moto X, e serão voltados para mercados emergentes. Para a Motorola, nesses países o hábito de comprar dispositivos vinculados a operadoras é bem menos comum, o que pode tornar o modelo atual bem mais caro.

Eles serão vendidos também nos Estados Unidos, onde terão como público-alvo os donos de linhas pré-pagas, que também não adquirem smartphones presos a contratos. Nesse caso, os melhores aparelhos custam no mínimo 600 dólares, e os usuários são obrigados a comprar modelos antigos ou inferiores para não ter que desembolsar tanto dinheiro.

A ideia da Motorola com um Moto X mais barato é preencher esse “vazio”, seguindo mais ou menos a ideia da Samsung com o Galaxy S4 Mini e da Nokia com os Lumias 520 e 620, por exemplo. Dessa forma, mesmo com preço reduzido, o smartphone deverá ter uma configuração razoável – e ter um preço interessante, especialmente se seguir a linha da Nokia.

Nenhuma especificação técnica dos Moto X mais baratos foi dada, mas o primeiro modelo já é o próximo na fila da Motorola. Aliás, vale lembrar que o Moto X anunciado ontem não deixará de ser lançado no Brasil  – já foi inclusive homologado pela Anatel.

Pin It on Pinterest