LGD Full HD LCD Panel

Apresentação da tela super fina – Foto: Divulgação / LG

Ontem, dia 11 de Julho, a fabricante coreana LG fez um anúncio bem interessante sobre o futuro das telas de smartphones. Ela anunciou oficialmente sua tela superfina – são apenas 2,2 milímetros de espessura – de 5,2 polegadas com resolução de 1920 por 1080 pixels.

A tela utiliza uma nova tecnologia batizada de Advanced One Glass Solution (OGS). Ela consiste em um circuito impresso de dupla camada, inserido entre o painel de cristal líquido e o sensor sensível ao toque. Como estão combinadas, as camadas tornam-se única. O resultado tem um nível de brilho maior e a redução de 30% de linhas. A matriz de subpixel (lembrando que um pixel é formado por um conjunto de pixels de diferentes cores) é RGB (vermelho, verde e azul). Portanto a LG chama isso de Full HD verdadeiro (não há uma terceira cor para ajustar o resultado final).

As especificações da nova tela são ótimas. O brilho máximo é 535 nits (mais do que qualquer outro painel que já passou pelo INFOlab). O nível de contraste estático, com fluxo luminoso de 10 mil lux, é de 374:1. Pelo tamanho da tela, não é difícil pensar que este é o painel do LG Optimus G2. E, portanto, a densidade de pixels deste aparelho seria próxima a 423 ppi. Só para efeito de comparação a Samsung, na tela do Galaxy S4, usa a tecnologia Full HD Super AMOLED, de 5,0 polegadas com arranjo de subpixel RGBG e densidade de 441 ppi.

As duas empresas parecem ter tomado rumos diferentes. A LG quer manter o tradicional cristal líquido, buscando uma definição de cor e brilho melhor. E, como vimos em janeiro, a Samsung parece querer explorar as propriedades de uma tela flexível OLED com um nível de contraste maior (e por enquanto resolução menor), denominada Youm. Esta talvez possa ser a tela do próximo Galaxy Note (terceira geração). Vale dizer que ambas brigam para remover as camadas intermediárias ou até combiná-las para ganhar espaço.

Pin It on Pinterest