flex1

A pesquisa avança nas telas OLED – Imagem: Divulgação

Chegará o dia em que teremos na sala uma tela com mais de 60 polegadas tão flexível, que poderemos enrolar para guarda-la dentro do armário. A proposta parece roteiro de filme de ficção científica, mas pode estar mais próxima do que imaginamos. A LG demonstrou ontem uma tela de OLED parcialmente transparente e inteiramente flexível com 18 polegadas.

Imagine as possibilidades que isso abriria para o mundo de decoração? O aproveitamento do espaço, que anda encolhendo nas grandes metrópoles. Ou ainda a possibilidade de levar uma tela dentro de um tubo telescópico para apresentar um novo projeto. Ideias de uso não faltam para esta tecnologia.

A flexibilidade deste primeiro exemplar é tão impressionante que a empresa afirma ser possível enrolar até atingir 3 centímetros de raio, sem perder as propriedades do material. A resolução, que ainda é um problema, chega a 1200 por 800 pixels, com quase 1 milhão de pixels. A transparência atinge 30% de transmitância (fração da luz incidente, com determinado comprimento de onda, que atravessa o meio). Uma marca impressionante para o atual grau de dificuldade.

Vale lembrar que LG foi pioneira no mercado de TV curva de OLED e continua desenvolvendo a tecnologia para o próximo passo do segmento. Segundo In-Byung Kang, vice presidente da divisão LG Display, a fabricante coreana terá em 2017 uma tela OLED flexível e transparente de 60 polegadas, com resolução Ultra HD.

Pin It on Pinterest