Escolha uma Página

 

Lenovo Vibe

Smartphone Lenovo Vibe Z2

Mais conhecida no mercado de computadores e tablets, a Lenovo apresentou nesta quinta-feira (4/9)  os smartphones intermediários Vibe Z2 e Vibe X2. Começando pelo país de origem da fabricante, a China, os aparelhos devem chegar também à Europa,  à Ásia e à América Latina. Seus preços para  são de, respectivamente, 429 dólares e 399 dólares, ou seja, 960 reais e 900 reais, em conversão direta.

Lançado sob o nome do topo de linha Vibe Z2 Pro, o novo Vibe Z2 tem tela de 5.5 polegadas com resolução HD (720p), processador Qualcomm Snapdragon 410 com clock de 1,4 GHz e, vale notar, com arquitetura de 64-bit. São 32GB de espaço para armazenamento interno, 2GB de memória RAM, bateria de 3.000 mAh, Wi-Fi ac, 4G, câmera principal de 13MP (CMOS) e frontal de 8MP, além de entradas para dois chips de operadoras de telefonia móvel. O gadget é consideravelmente fino: 7,8 mm de espessura.

Um ponto interessante é que o Vibe Z2 virá, de fábrica, com o Android L, a edição mais recente do software do Google — tão recente que, no momento, há apenas uma versão para desenvolvedores.

BK3_P

Smartphone Lenovo Vibe X2

Vibe X2 – O Vibe X2 tem uma configuração de hardware diferente. Sua tela de 5 polegadas com resolução Full HD, o processador é um Media Tek True8Core (MT6595m), há 2GB de RAM, 32GB para armazenamento interno, bateria de 2.300 mAh, 4G, Wi-Fi ac, além de câmeras com 13MP e 5MP. O gadget é bastante leve, pesando 120g, ou seja, mais leve do que o iPhone 5s, para efeito de comparação.

Smartphones Lenovo – Apesar de ainda não estar no mercado brasileiro oficialmente, a Lenovo é uma das marcas que mais vende smartphones no mundo. Segundo um relatório da consultoria Gartner, divulgado em fevereiro deste ano, a empresa vendeu 968 milhões de aparelhos em 2013.

Em entrevista a INFO, Dan Stone, vice-presidente da Lenovo para a América Latina, afirmou que a empresa irá fabricar smartphones para o segmento premium no Brasil e os primeiros modelos deve chegar ao mercado a partir de outubro deste ano. Entretanto, após novo contato da redação, a divisão de comunicação da companhia informou não ter novidades sobre a entrada da empresa no mercado nacional.

Dez fotos da fábrica da Lenovo no Brasil: