Escolha uma Página

leica-m-kit

Jacob Aue Sobol construiu uma carreira com fotos analógicas em preto e branco que dependem em grande parte de um método peculiar de revelação com contraste intenso. O fato de que seu primeiro trabalho com uma câmera digital (Arrivals and Departures) envolveu uma Leica M Monochrom diz bastante a respeito das qualidades dessa máquina. Como parte das comemorações de seu centenário, a Leica decidiu produzir uma edição limitada da M com apenas 101 exemplares.

A câmera em si só muda de cor: em vez do corpo todo preto, ela possui uma faixa cromada no topo reminiscente das câmeras antigas. A parte realmente interessante é que ela faz parte de um kit com outros produtos da empresa. Para fazer para com a M digital, a Leica criou uma câmera analógica completamente nova chamada M-A, que é baseada no passado de filme 35mm da linha M.

Além das duas câmeras, três lentes Summilux fazem parte do kit: uma 28mm f/1,4, uma 35mm f/1,4 e uma 50mm f/1.4. A 28mm também é completamente nova e ainda não se sabe se ela será produzida separadamente ou se apenas 101 fotógrafos no mundo inteiro terão a chance de possuí-la. De qualquer maneira, essa é a parte do kit que me parece mais atraente. A Leica faz lentes absolutamente extraordinárias.

E quanto esse kit custará? O valor final ainda não foi determinado, mas considerando que a Leica acaba de fazer um leilão no qual uma única câmera histórica arrebatou mais do que 500,000 euros (cerca de 1,500,000 reais), é razoável esperar uma etiqueta de preço bem longa. A Monochrom digital cromada também será vendida separadamente pelo mesmo preço que a versão preta: 7,950 dólares.

Via Imaging Resource.