GlassUp

Protótipo do Glass up – Foto: Divulgação

Enquanto o Google Glass não chega massivamente ao mercado, não faltam empresas interessadas em propor soluções alternativas antes do tempo. É o caso da Glass Up que tenta se financiar via crowdfunding.

O computador vestível GlassUp é mais modesto ao oferecer uma projeção em uma única cor na lente do óculos, ao invés de ter uma tela colorida. Mas a abordagem lhe garante vantagem em outros aspectos. Ele funciona como uma segunda tela de seu smartphone, sendo alimentado assincronamente via bluetooth (podendo funcionar sem a conexão). A bateria pode durar bastante porque o sistema consome pouca energia.

O objetivo é que você possa ler e-mails e mensagens de texto. Obter traduções simultâneas e navegar pelo mapa com orientações curva a curva, além de visualizar seus batimentos cardíacos. Outros recursos podem ser adicionados via aplicativo através de aplicativos no seu smartphone. Outro detalhe que vale menção é que a projeção é centralizada, evitando que você desvie a atenção (o Google Glass é um pouco deslocado do centro). Haverá também controles sensíveis ao toque na lateral.

Andrea-GlassUp

Andrea experimentando o protótipo do sistema – Foto: Divulgação

A equipe tem dois especialistas que fazem diferença. Gianluigi Tregnaghi é reconhecido na Itália por ter desenvolvido capacetes de combate para a força aérea e Andrea Tellatin, por ter desenvolvido o I’m Watch, um relógio inteligente que funciona como segunda tela.

Segundo o criador do projeto Francesco Giartosio, o desenvolvimento começou há dois anos, antes do Google Glass. Mesmo sabendo da concorrência forte, ele resolveu continuar por acreditar na ideia de uma segunda tela e não de um segundo smartphone. A ideia dele custa menos também. Para a Forbes, Francesco disse: “Nós temos problemas em entender porque o óculos do Google é tão caro. Nosso custo de material está estimado em torno de 100 euros e nós venderemos por 300 euros ou 399 dólares”. No indiegogo, o óculos pode ser adquirido por 299 dólares, bem diferente dos 1500 dólares do Google Glass. A estimativa é que ele fique pronto em Fevereiro de 2014.

Veja o Glass Up em ação:

Pin It on Pinterest