A proposta ACTA é tão ameaçadora à internet quanto os projetos de lei SOPA e PIPA, com o diferencial de ser um acordo internacional, com bastante força na Europa. Por conta disso, milhares de europeus saíram às ruas no último sábado (11/02/2012) para protestar contra a sua aprovação.

Os protestos ficaram mais evidentes na Alemanha. De acordo com autoridades locais, cerca de 16 mil pessoas saíram às ruas de Munique. Em Berlin, este número foi de 6 mil, de acordo com a polícia, mas os organizadores falam em 10 mil manifestantes.

Parece ter dado certo. Talvez prevendo os efeitos negativos que os protestos poderiam ter, o governo da Alemanha anunciou um dia antes que, pelo menos por enquanto, não aprovará o ACTA. Se levarmos em conta que se trata de um dos países mais poderosos da União Europeia, é uma decisão de peso.

Manifesta
</p data-recalc-dims=

Pin It on Pinterest