Yahoo!Ícone da internet por muitos anos, o Yahoo! vem perdendo cada vez mais espaço no mercado, o que obrigou a empresa a tomar uma série de decisões complicadas, que incluem o fechamento de serviços não rentáveis e mudanças na direção: Carol Bartz deixou o comando do Yahoo! em setembro de 2011 e foi substituída por Scott Thompson em janeiro de 2012. Mas o executivo acaba de perder o cargo por causa de uma “mentira” em seu currículo.

As expectativas do mercado em relação a Thompson eram grandes por causa do trabalho que ele realizou diante do PayPal: durante a sua gestão, a empresa viu sua base de clientes e o seu faturamento dobrarem. Nos primeiros meses à frente do Yahoo!, o executivo mostrou trabalho tomando decisões como a de reduzir ainda mais a quantidade de serviços oferecidos e demitir cerca de 2 mil funcionários.

A gestão de Thompson, no entanto, também foi marcada por relações tensas com acionistas e outros executivos. Foi justamente neste ponto que a situação se complicou: Daniel Loeb, líder da Third Point, grupo de investimentos que detém 5,8% das ações do Yahoo!, fez uma denúncia à SEC (Securities and Exchange Commission), entidade reguladora dos Estados Unidos, após descobrir que no currículo de Scott Thompson havia registros de formação em ciência da computação e contabilidade, mas o executivo teria realizado somente este último curso.

O assunto rapidamente foi destaque nos noticiários. Diante da pressão, Thompson se justificou dizendo que nunca enviou um currículo alterado ao Yahoo! e que o erro, na verdade, tem origem em uma interpretação equivocada de uma entrevista que realizou com uma empresa de “caça-talentos” em meados de 2004. O executivo também chegou a enviar um e-mail aos funcionários do Yahoo! se desculpando pela “forma como o assunto estava afetando a companhia”.

Nada disso foi suficiente. Seja porque havia gente esperando apenas por uma única brecha capaz de tirar Thompson do cargo, seja porque um erro como este exige mesmo medidas drásticas, o fato é que o conselho administrativo do Yahoo! se reuniu para tomar uma decisão. A partir daí, Scott Thompson se viu obrigado a renunciar.

Contando com a concordância da Third Point, o cargo de CEO do Yahoo! agora pertence interinamente a Ross Levinsohn, que até então ocupava a função de diretor da divisão de mídia global da companhia. Além disso, o executivo Fred Amoroso assumirá como presidente do conselho e, além de auxiliar o Yahoo! nesta fase de transição, terá a missão de continuar as investigações sobre o caso.

Quanto a Scott Thompson, este é, definitivamente, um momento “nebuloso” em sua vida. Além de ter perdido o cargo de CEO e de talvez ter “manchado” a sua carreira para sempre, o executivo informou a membros do conselho ter sido diagnosticado com câncer de tiroide, sendo este supostamente um dos motivos para a sua renúncia.

Referências: CNET News, The Washington Post, Business Insider.

Notícias relacionadas: Scott Thompson, ex-PayPal, assume liderança do Yahoo! Jerry Yang, co-fundador do Yahoo!, deixa definitivamente a empresa Yahoo! acusa Facebook de violação de patentes

Pin It on Pinterest