cupid

Com o sugestivo nome de CUPID, a Chaotic Moon Studio apresentou nesta semana um drone que possui uma arma de choque 80 mil volts. O anúncio foi feito durante a nona edição da feira de tecnologia SXSW, em Austin, nos Estados Unidos.  O dispositivo cria um campo magnético que queima eletrônicos em um raio de 1,5 m.

O aparelho, que possui seis hélices para voo, foi criado por William Hurley com o objetivo de atuar na segurança urbana. “Talvez tenha uma invasão em uma casa, alguém foge. Por que mandar alguém persegui-lo com uma arma? O drone pode ir lá e acertar o fugitivo, daí basta ir lá e pegá-lo”, afirma Hurley, segundo o The Verge.

A Chaotic Moon Studio testou o produto em um estagiário da companhia — ele passa bem. Veja a cena aqui:

Vale notar que o drone tem uma arma mais potente do que as armas de choque, também chamadas de tasers, usadas pela polícia, que têm 50 mil volts, em média.

Apesar da tecnologia já existir, será que o mundo está pronto para lidar com robôs policiais?

Pin It on Pinterest