Com a recente aquisição do Tumblr, do Summly e de outras três ou quatro startups, o Yahoo! vai tentando sobreviver e reconquistar a relevância de outros tempos. Por trás dessa pequena revolução, está Marissa Mayer, uma ex-executiva do Google. Não é absurdo afirmar, portanto, que o sonho do Yahoo! hoje é ser um Google. Mas, em 1998, a história era bem diferente…

Em um texto publicado na edição 152 da INFO, em novembro de 1998, a revista indicava as novidades na área dos buscadores online. O Yahoo! era o rei absoluto, seguido de longe por Altavista, Lycos e por muitas outras empresas (Quem lembra dos brasileiros MetaMiner e Cadê?). Entre as competidoras mais inovadoras, descritas no texto “Atrás do Yahoo!” estava uma tal de Google.Note que o endereço ainda nem era goole.com. A descrição era a seguinte:

“Google (google.stanford.edu)
Projeto experimental da Universidade de Stanford, utiliza o critério “diga com quem andas que te direi quem és”. Traduzindo para o mundo da Internet: o Google classifica as home pages de acordo com a quantidade de sites que dão links para ela. Se todo mundo aponta para um determinado site, alguma coisa de especial ele deve ter, não é?”

Essa foi a primeira vez que a INFO falou do Google… depois disso, todo mundo sabe o que aconteceu. A pergunta a ser respondida agora é: será que um dia o Yahoo! voltará a ser o que foi antes?

Pin It on Pinterest