Escolha uma Página
Vocca

Cuidado com o que você fala – Imagem: Divulgação

Não confunda Vocca com Vucca, a sigla para volátil, incerto, caótico, complexo e ambíguo (Volatile, Uncertain, Chaotic, Complex, Ambiguous). Complexo o projeto é, mas está longe de ser incerto e caótico. Na verdade o projeto Vocca acaba de resolver o maior problema das lâmpadas controláveis: a preguiça humana.

A soquete de lâmpada integra tecnologias de reconhecimento de voz da empresa Sensory com Bluetooth LE da empresa TobyRich. O funcionamento é ridiculamente simples. Você instala o dispositivo como se fosse uma lâmpada, em seguida a lâmpada e fala uma frase de ativação cadastrada previamente. Cada vez que você repete a mesma palavra, a lâmpada liga ou desliga. É possível cadastrar até cinco frases de ativação e isto é feito por um aplicativo no celular. A lâmpada tem uma limitação óbvia: não funciona em grupo (uma reconhece e ativa as outas) e portanto está limitada ao alcance de sua voz. Outro detalhe, que parece ter sido ignorado, é que alguém com o mesmo timbre de voz poderia ascender as lâmpadas da sua casa, mesmo fora dela.

O projeto tenta financiamento coletivo pelo Kickstarter e está quase na metade do valor requerido. Um conjunto de três soquetes custam 89 dólares, ou cerca de 202 reais sem impostos e despesas de envio. De qualquer forma, muito pouco se equiparado com outras soluções disponíveis no mercado. Principalmente por ter reconhecimento de voz embutido. Se você quer desenvolver uma outra solução, por 65 dólares você pode levar o circuito controlador pronto.

Os fundadores resolveram criar um vídeo bem enfadonho para explicar o funcionamento: