Repare no tamanho do iPhone no topo da Wall of Sound (Foto: Divulgação)

Repare no tamanho do iPhone no topo da Wall of Sound (Foto: Divulgação)

As caixas de som para iPhones e outros smartphones são, tradicionalmente, pequenas. Uma compacta da Bose que está agora no INFOlab, por exemplo, tem 24,3 cm de largura e 13,2 cm de altura. Mas um modelo se sobressai quando falamos de dimensões: a Wall of Sound. Lançada originalmente em 2011, a dock gigante deve ganhar uma segunda versão – ainda maior – entre este e o próximo ano.

Medindo agora 1 x 1,7 x 0,4 m, o acessório – se é que dá para chamá-lo assim – será respeitável também na potência. Composto por 46 alto-falantes, o conjunto promete um som de 1.600 W – 95% mais forte que o da WoS anterior, que tinha 28 saídas. Ela também é mais pesada, claro, chegando a absurdos 178 Kg, contra cerca de 102 Kg da dock original.

Mas fora o tamanho e a força bem acima do normal, outro fato curioso da Wall of Sound envolve a produção. Segundo os idealizadores do projeto, a primeira versão era toda manufaturada por “carpinteiros e engenheiros habilidosos”, o que, na teoria, garantia maior qualidade ao produto. Na WoS 2.0, a ideia é que esse “luxo” seja mantido – gerando também um reflexo no preço, que deve começar nos 6.900 dólares.

Entre outras especificações, a caixa de som gigante terá frequência de resposta de 40 a 20.000 Hz, impendância nominal de 8 Ohms e sensibilidade de 95 dB. Ela está agora no site de financiamento coletivo IndieGoGo, e recebeu, por ora, apenas 150 dólares. Mas ainda faltam 59 dias para que os idealizadores consigam arrecadar os 20.000 necessários. Se tudo der certo, a “temível” Wall of Sound estará disponível a partir de fevereiro de 2014, por 6.900 dólares – mas quem colaborar com esses quase 7.000 pode recebê-la ainda neste mês.

Pin It on Pinterest