Tytan-G70

Gabinete aberto por mecanismo automático para aumentar refrigeração – Foto: Divulgação

 

Lançado no mês de Junho, no evento Computex 2013, o desktop Tytan G30 já arrancava suspiros por oferecer uma configuração acima da média. Na última sexta-feira, dia 2 de Agosto, a Asus resolveu aumentar o nível, trocando processador, memória e principalmente placa de vídeo para o deleite de quem gosta de passar horas jogando.

Na sua melhor configuração, o Asus Republic of Gamers Tytan G70 tem a força do processador da família haswell, o Intel Core i7 4770K (com clock máximo de 4,1 GHz), com o chipset Intel Z87. São 4 GB de memória RAM DDR3 1600 MHz, expansível até 32 GB. A placa de vídeo é a poderosa Nvidia GeForce GTX 780, com 3 GB de memória GDDR5.

Ele pode ter até 15 TB de armazenamento tradicional (5 baias) e até 256 GB de SSD. A nova versão ainda inclui um áudio 7,1 SonicMaster e pode incluir uma placa de som Asus Xonar Phoebus, com amplificação de fone de ouvído e sensibilidade de 118 dB (SNR).

O gabinete é o mesmo da linha Tytan lançada no ano passado. Graças a uma tecnologia batizada de Asus Turbo Gear, com um botão você aumenta o clock do processador (nos quatro núcleos) para o máximo possível. São dois níveis: o primeiro eleva para 3,9 GHz e o segundo para 4,1 GHz. Para suportar este aumento, o gabinete se abre expondo os 10 ventiladores (fans) aumentando a refrigeração.

Vale rever o vídeo de quando ele foi lançado, no ano passado:

É importante ressaltar que esta configuração pode variar de acordo com o país. Ainda não há confirmação oficial de qual será o preço dele no Brasil, nem sobre a disponibilidade.

Pin It on Pinterest