Escolha uma Página
LG_G3_Metallic_Black

Com o mantra de “simples é o novo inteligente” a interface também foi toda remodelada – Imagem: Divulgação

A LG lançou nesta terça-feira dia (27) a terceira geração do seu smartphone avançado, o LG G3. Para aguçar a expectativa a empresa fez um evento em Londres e durante o mês publicou vídeos com o design refinado e uma demonstração de como a capa inteligente QuickCircle funciona.

As configurações do novo celular são ótimas. A tela de 5,5 polegadas é sem dúvidas o grande destaque. Ela tem resolução de 2560 por 1440 pixels (QHD), com 538 ppi. A tecnologia da tela é a novíssima AH-IPS (Advanced High Performance In-Plane Switching), que na teoria exibe 100% do espaço de cor sRGB. Na prática, isto deve significar cores mais vivas, melhor definição e menor consumo de energia. De qualquer forma, é algo que precisamos conferir com muita calma. Um fato bom é que mesmo com a tela grande o aparelho tem tamanho equivalente a um smartphone com tela de 5.1 polegadas.

O processador é um potente Snapdragon 801, de quatro núcleos rodando no máximo a 2,5 GHz. A GPU é a Adreno 330, uma das mais rápidas do mercado. Para completar, o bólido terá duas versões distintas: 2 GB  de memória RAM com 16 GB de armazenamento ou 3GB de memória RAM com 32 GB de armazenamento. Graças ao processador, o smartphone da LG tem suporte a todas as redes 4G, Wi-Fi no padrão 802.11ac e Bluetooth 4.0.

O aparelho tem um slot para cartão micro SD no padrão SDXC, com suporte a cartões de 128 GB. Contrariando por ora os rumores de um cartão com 2 TB de armazenamento. Além disso, a bateria do dispositivo tem capacidade de 3.00 mAh e é removível.

O G3 roda uma versão modificada do Android 4.4 KitKat. A interface chamada de Optimus UI tem widgets especiais e aplicativos da marca – o que pode soar como interface poluída para algumas pessoas, contrariando assim o novo mantra da empresa “simplicidade é inteligência”. Como nos outros aparelhos da LG, para desbloquear a tela o LG G3 tem padrão chamado Knock Code. Diferente dos desbloqueios por desenho ou senha numérica, uma sequência de batidas na tela desperta o smartphone – esta sequência pode ter 80 mil variações. Em termos de software o G3 tem ainda um teclado esperto que usa inteligência artificial para entender seu padrão de escrita e fazer as correções necessárias, além ser possível ajustar a área que os seus dedos tocam a tela.

A câmera do aparelho é um caso à parte. Ela continua com 13 megapixels da versão anterior, mas agora com auto foco por laser e estabilização óptica OIS+.  Segundo a LG, o tempo de focagem é de apenas 0,276 milisegundos. É o mesmo princípio utilizado pela industria fotográfica em algumas câmeras, geralmente por emissão de infravermelho ou ultrasom. Os problemas desta abordagem são a reflexão da luz em um objeto preto e reflexivo (tela de uma TV, por exemplo) e o tempo de processamento extra para ajustar o foco. Por outro lado, este sistema deve ajudar em ambientes pouco iluminados (foto noturna). Outro detalhe que chama atenção é que a câmera frontal reconhece um gesto de fechar a mão para fotografar automaticamente. A ideia da empresa é facilitar as selfies.

O acabamento do G3 também merece destaque. O corpo é curvilíneo com acabamento que lembra aço escovado. Serão cinco cores disponíveis: prata, dourado, branco, rosa e roxo. Um detalhe é que a empresa continua investindo nos botões na parte traseira. Na prática você tem que apoiar o aparelho com o dedão e o anelar, para só então usar o indicador. Não é um modo de operar confortável.

LG_G3_QuickCircle

Tela exposta aceita gestos nos aplicativos – Imagem: Divulgação

De acessórios a LG preparou uma capa inteligente. Para quem não se recorda, a LG já tinha uma capa similar chamada QuickWindow para o LG G2. As capas seguem as funcionalidades apresentadas por quase todos os concorrentes. Para citar algumas, podemos mencionar a S-View Flip Case, do Samsung Galaxy S5 e a Dot View, do HTC M8. A mudança parece ser o formato circular e os gestos para controlar uma espécie de mini aplicativo. Um detalhe curioso é que a capa faz uma luz piscar ao redor da abertura circular, sempre que uma ligação ou mensagem é recebida. A fabricante coreana pretende lançar uma suite de programação (SDK) para que desenvolvedores criem novos recursos para a capa inteligente.

Outro acessório foi desenvolvido em parceria com a empresa Harman/Kardon, o fone de ouvido bluetooth LG Tone Infinim, modelo HBS-900, com alguns recursos interessantes, como dizer o nome da pessoa que está te ligando antes que você atenda. O recurso foi batizado de Name Alert.

Por fim, há um carregador por indução, compatível com o padrão Qi, disponível para carregar a bateria o smartphone. Infelizmente não há informações sobre preço. Ele começa a ser vendido oficialmente amanhã na Coreia do Sul e em Junho nos resto do mundo.

 

* Colaboraram: Lucas Agrela e Leonardo Veras.