Meta.01 Streamlined Edition

Primeira versão comercial do Meta Space Glasses – Foto: Divulgação

Você se entusiasmou com o Google Glass e com todos os outros óculos de realidade aumentada que apareceram? Então repense o que você conhece sobre estes gadgets. O Meta Space Glasses é um protótipo de óculos de realidade aumentada que combina múltiplos sensores para oferecer uma nova interface realmente produtiva.

Detalhes da especificação ainda não foram concretamente finalizados, mas o protótipo inclui:

• Duas telas de LCD com 960 por 540 pixels (calibrados para 23 graus de visão estereoscópica);
• Câmera RGB;
• Sensor de infravermelho (profundidade) com resolução de 320 por 240 pixels;
• Sensor com 9 graus de liberdade (acelerômetro de três eixos, giroscópio de 3 eixos, e bússola de 3 eixos).

O mais interessante parece ser mesmo o software. Construído com uma interface em linguagem JavaScript, o SDK usa o motor 3D Unity para oferecer reconhecimento de gestos e mapeamento de superfícies. O software tenta resolver os principais problemas da visão computacional. Ele eleva o patamar de realidade aumentada para realidade mediada. Grosso modo, ele permite não só incluir imagens e objetos no seu campo de visão. É possível removê-los também. Imagine retirar da visão algum objeto que você ache feio e seu familiar não.

Meron Gribetz, estudante de computação e neurociência na Universidade de Columbia, é o criador da Meta, a empresa por trás deste dispositivo. Ele acredita que smartphones, tablets e computadores são ultrapassados. Sua expectativa é que estes dispositivos possam ser resumidos em um único computador vestível.

Talvez o Space Glasses não possa ser comparado com o computador vestível J.A.R.V.I.S. do herói dos quadrinhos Homem de Ferro, como o site oficial sugere. Mas se depender da equipe, a questão não é mais como isso vai acontecer e sim, quando vai acontecer. O cientista chefe da equipe é o renomado Steve Man. Ele tem mais de 25 anos de experiência no ramo e por isso é conhecido como o pai da computação vestível.

Vale dizer que o protótipo inicial foi financiado via Kickstarter, mas ele ainda está disponível via site oficial por 492 dólares. A versão final ficará pronta em Abril de 2014, por 667 dólares e já está disponível em pré-venda. Amanhã este preço aumenta em 175 dólares.

Veja o vídeo de demonstração dele (publicado pela Cnet):

Pin It on Pinterest