Moto G Announcement

O novo smartphone de entrada da Motorola foi anunciado nesta quarta-feira, e trouxe um bom conjunto em termos de configurações. Mas o grande atrativo está, de fato, no preço: 649 reais por um smartphone com tela de 4,5’’ HD, processador quad-core de 1,2 GHz, 1 GB de RAM e Android 4.3, com atualização prometida para o 4.4. Uma versão 100 reais mais cara ainda oferece 8 GB a mais de armazenamento e suporte a dois cartões SIM.

O mercado de intermediários, no entanto, é bastante concorrido. Fabricantes como LG, Nokia e Samsung têm vários aparelhos na faixa de preço entre 650 e 1.100 reais, com configurações das mais variadas. Escolhemos então alguns deles, com as especificações ou preços mais parecidos, para colocar frente a frente com o novo aparelho da Motorola – e ver quais os pontos fortes e fracos do dispositivo contra os rivais. Confira na tabela.

tabela1

tabela2

Olhando apenas para as especificações, o Moto G se destaca diante da concorrência – que é bem vasta, por sinal, e há muitos outros aparelhos além dos listados. Quer dizer, exceto por três pontos principais: o LTE, o NFC e a entrada para cartão microSD.

O primeiro item está presente, no entanto, apenas em dois dos smartphones, sendo um mais caro e outro de uma faixa de preço mais atraente. O segundo, por sua vez, estava presente no Razr D3, anterior ao Moto G, e sua ausência é um pouco inexplicável. E o terceiro faz falta, já que todos os rivais, mais caros ou mais baratos, aceitam um cartão microSD para aumentar a capacidade de armazenamento – que pode ser um problema na versão de 8 GB do aparelho da Motorola.

A análise completa do Moto G sai em breve no site da INFO, e logo mais publicaremos um “Na mão” com nossas primeiras impressões do aparelho.

Veja 10 fotos do smartphone Moto G

Pin It on Pinterest