airtame

Pequeno e portátil como o Google Chromecast – Imagem: Divulgação

Faltam cinco dias para acabar o financiamento coletivo de um dispositivo chamado Airtame. A campanha está oficialmente no IndieGoGo e até agora já arrecadou quase 740 mil dólares. Mas o que este aparelho tem de atributos para despertar tão ávido interesse?

O Airtame é um aparelho que vai conectado na porta HDMI das televisões, monitores, projetores e outros eletrônicos com uma tela. A ideia é a mesma do Google Chromecast: transmitir vídeo através da rede sem fios Wi-Fi. As diferenças são significativas entre eles. O Airtame pode ser alimentado pela própria porta HDMI, caso ela seja no padrão 1.4 com suporte a MHL. Caso contrário precisa der conectado a uma porta USB ou uma fonte USB externa – um carregador de celular por exemplo.

Por capturar o áudio e vídeo direto do que você vê o Airtame não tem qualquer restrição de conteúdo. Nada de DRM, como os bloqueios que são encontrados no Netflix ou iTunes. Na prática o funcionamento é similar a conectar um cabo na TV e no seu notebook. A resolução de transmissão será sempre 1080p – e não 720p como em alguns casos do Chromecast. Para suportar este streaming a rede sem fios terá dupla frequência (2,4 GHz e 5 GHz), no padrão 802.11 b/g/n e um processador de dois núcleos, um ARM de 1 GHz. Vale mencionar que o áudio promete ser de excelente qualidade, graças ao codec Opus.

O software que controla a reprodução funciona em Windows, OS X e Linux. Por enquanto não há versão para Android ou iOS, mas o suporte móvel está nos planos da empresa. Haverá também um software aberto para desenvolvedores criarem soluções específicas.

Interessante notar que o software tem funções para duplicar ou estender sua área de trabalho. É possível também fazer streaming para múltiplos aparelhos simultaneamente (seu hardware é o limitador). Imagine criar um painel com múltiplas telas, com transmissão sem fios, em minutos. O ganho em agilidade é notável. Veja o vídeo oficial para entender melhor como o aparelho funciona:

O Airtame está a venda por enquanto por 89 dólares (no início da campanha estava 69 dólares). Neste ponto ele perde feio para o Chromecast que custa 35 dólares. O protótipo funcional do dispositivo foi apresentado no evento CES, na semana passada. O site Engadget elegeu a empresa a melhor startup do evento.

 

 

Pin It on Pinterest