Baratinho, mas ordinário

Vamos colocar mais um bilhão de usuários na internet! A frase é do CEO da Nokia, Stephen Elop, ao apresentar o Asha 308, smartphone baratinho que faz o básico com uma configuração espartana.

Sucessor do Asha 311, já testado no INFOlab, o 308 não é só melhor que seu antecessor como também custará menos. No Brasil, a Nokia venderá o aparelho por 329 reais. O gadget roda Asha Touch, um sistema proprietário da Nokia (que NÃO É o Symbian) para smartphones que não podem funcionar com Windows Phone  e tem tela capacitiva (ponto positivo) de 3 polegadas. Como se sabe, smartphones de baixo custo costuma exibir tela resistiva, o que, convenhamos, é um horror.

Desenhado para o público que ainda usa feature phone, o modesto 308 só navega em redes EDGE/GPRS (3G nem pensa) e registra vídeos e fotos com a melhor qualidade que um celular de 300 reais pode oferecer. Um recurso legal para quem precisa economizar é o suporte a dois chips GSM e cartão micro SD de até 32 GB.

Apesar das limitações, o 308 dá para o gasto. Você conseguirá acessar Twitter, Facebook, YouTube, rodar games e ler seus e-mails.
Uma das inovações do 308 é o uso do browser Nokia Xpress. Assim como o Opera faz, o Xpress acessa páginas web por meio de servidores da Nokia, que compactam dados antes de enviá-los aos usuários. Na prática, a navegação em conexões ruins (EDGE, por exemplo) fica um pouco mais suportável.

Pin It on Pinterest