Imagem ilustrativa de smartphoneNo último mês de março, o Brasil conseguiu superar a marca de 250 milhões de linhas de telefones celulares em uso no país: mais precisamente, 250.826.371 números. Isso significa que, no referido mês, houve 128 linhas para cada 100 habitantes. Os dados foram divulgados recentemente pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Como não poderia deixar de ser, o número de linhas da categoria pré-paga segue sendo muito maior: março de 2012 registrou 205,2 milhões de linhas deste tipo (81,83%) contra 45,6 milhões de habilitações pós-pagas (18,17%). A região Norte do Brasil é a que possui mais linhas pré-pagas: 90,77% de seu total; a região Sudeste, por sua vez, é a que possui maior proporção de telefones pós-pagos, com 23,02% de seu montante.

A Vivo, que recentemente assumiu a posição da Telefônica em São Paulo, permanece sendo a maior operadora móvel em número de clientes, mas seus principais concorrentes não estão muito atrás:

Vivo: 74.783.713 linhas (29,81%); TIM: 67.217.384 linhas (26,8%); Claro: 61.595.980 linhas (24,56%); Oi: 46.469.208 linhas (18,53%); CTBC: 683.604 linhas (0,27%); Sercomtel: 76.482 (0,03%).

Do ponto de vista técnico, a tecnologia GSM domina o mercado brasileiro com folga (assim como acontece em vários outros países):

GSM: 197.520.573 linhas (78,75%); WCDMA: 43.471.644 linhas (17,33%); Terminais de dados: 8.485.743 (3,38%); CDMA: 1.348.411 linhas (0,54%).

A Anatel também chamou a atenção para o número crescente de linhas com acesso a redes 3G. Em março de 2012, 52% de telefones celulares utilizaram serviços do tipo, número 10% maior que o registrado em fevereiro do mesmo ano.

Notícias relacionadas: Brasil encerrará 2011 com cerca de 240 milhões de celulares em uso Anatel: somente celulares homologados podem ser bloqueados em caso de perda ou furto Dígito adicional em números de celulares de São Paulo começa a valer em julho Samsung ultrapassa marca de 300 milhões de celulares vendidos em 2011

Pin It on Pinterest