Mostrado nesta semana durante o evento Google I/O, o Android 4.1 (Jelly Bean) traz uma série de novidades interessantes. A Adobe aproveitou a notícia para “pegar carona” no assunto e anunciar que a plataforma deixará mesmo de contar com suporte ao Flash, a exemplo do que já acontece com o iOS, da Apple.

Flash no Android: em breve, coisa do passado

Flash no Android: em breve, coisa do passado

Com a decisão, o Flash Player deixará de ser oferecido no Google Play a partir de 15 de agosto (2012), fazendo com que só esteja disponível depois desta data em aparelhos que tenham o plug-in instalado de fábrica.  Como a Adobe não trabalhará mais no desenvolvimento do Flash para a plataforma, isso significa que o Android 4.1 sequer chegará a ter suporte oficial ao recurso.

Embora a Adobe não tenha entrado em detalhes sobre os motivos da decisão, não é novidade para ninguém que o Flash é um potencial comprometedor de desempenho nos dispositivos móveis, sendo esta a principal razão para a Apple decidir por não suportá-lo no iOS e incentivar a adoção do HTML5. De qualquer forma, a Adobe já havia anunciado em novembro de 2011 a sua intenção de focar o Flash no segmento de PCs.

A empresa explicou também que os aparelhos Android que possuem Flash instalado poderão continuar recebendo atualizações de segurança.

Referência: Adobe.

Notícias relacionadas: Instagram chega ao Android e obtém um milhão de downloads em 24 horas Skype para Android supera marca de 70 milhões de downloads Google apresenta versão beta do Chrome para Android RIM mantém as esperanças e anuncia a plataforma BlackBerry 10 Instagram começa a cadastrar usuários para versão Android

Pin It on Pinterest