Escolha uma Página

WWDC-2014

A partir das 14h (horário de Brasília) acompanhe aqui neste link o keynote da Apple para a abertura da conferência WWDC 2014. 

Iremos atualizar esse post com os anúncios da Apple (clique em F5 para checar os updates) — quem quiser também pode acompanhar por vídeo a apresentação (necessário ter Safari instalado).

14h00 – Sem atrasos, a Apple dá início à apresentação com um vídeo sobre aplicativos no iOS

14h03 – No vídeo, diversos personagens abordam seus apps favoritos. “O melhor app tem que ser o Tinder”, diz uma das pessoas.

14h05 – O vídeo é repleto de homenagens aos desenvolvedores e suas criações.

14h06 – Tim Cook sobe ao palco!

14h07 – Cook agradece os desenvolvedores e parabeniza a Apple pelo aniversário de 25 anos do WWDC!

Cook-wwdc

14h09 – Cook anuncia que a conferência desse ano focará em iOS e OS X

14h10 – “Veremos como essas duas plataformas foram produzidas para trabalharem em conjunto”, diz Cook sobre o iOS e OS X.

OS

14h12 – Cook aborda o baixo volume de vendas de PCs, mas a grande adoção de usuários pelo Mac OS X.

14h13 – “Tivemos uma base de instalação de 40 milhões de cópias do OS X Mavericks. Este é o maior lançamento da Apple”, diz Cook.

Windows

14h15 – Craig Federighi sobe ao palco para apresentar o novo OS X 10.10, de codinome Yosemite, uma homenagem ao parque nacional homônimo, localizado na Califórnia.

14h18 – O novo sistema traz também um novo design com ícones…flat!

14h20 – O novo design traz ajustes nos aplicativos da barra lateral, como o Messages e na central de notificações.

14h21 – Houve também modificações na área de trabalho, com janelas mais translúcidas que se adaptam à temperatura da cor do plano de fundo da tela.

Apps

14h23 – “Esta é a melhor versão do OS X!”, disse Federighi. Ele apresenta também o novo launcher (o Spotlight foi remodelado, e entre as novidades exibe agora os resultados diretamente dentro do aplicativo) e o novo Calendar que agora tem uma visualização em barra lateral com informações da localização.

14h27 – Federighi apresenta também o novo iCloud Drive, que irá agrupar todos os documentos entre múltiplas plataformas, sincronizando com o Mac — e compatibilidade com Windows!

Cloud

14h30 – O novo aplicativo de e-mail terá a ferramenta MailDrop, que criará um link seguro quando os arquivos anexados forem muito grandes, evitando que a mensagem deixe de ser enviada.

14h33 – O executivo agora apresenta detalhes do novo navegador Safari. O browser permitirá criar uma janela privada, para melhorar a privacidade do usuário. O novo menu “compartilhar” onde o usuário pode checar RSSs e notificações.

14h34 – Federighi afirma que o Safari é o browser mais rápido quando se trata de JavaScript.

14h36 – O navegador também ganhou uma ferramenta de edição para imagens enviadas pelo Mail.

14h38 – “Nós queremos que a transição entre dispositivos seja a mais natural possível”, diz Federighi antes de anunciar as novidades para essa integração.

14h39 – A primeira ferramenta é o AirDrop, que agora funciona entre iOS e Mac. E o Handoff: novo ícone que permite dar continuidade em uma atividade do Mac num iPad, por exemplo. O usuário pode simplesmente “jogar” (swipe) um trabalho de um dispositivo para o outro e continuá-lo em tempo real!

14h40 – Por exemplo, será possível montar um e-mail no seu iPhone. A aplicação perceberá que seu computador está próximo e permitirá que termine a mensagem no Mac. Incrível integração!

14h42 – Há também a ferramenta “Instant Hotspot”, onde você poderá criar um hotspot no seu iPhone a partir do seu Mac. Ele reconhece que seu smartphone  está próximo e permite que configure dessa maneira. O mesmo ocorrerá com SMS pelo iMessage.

Phone

14h44 – A partir de agora será possível receber um SMS no Mac e até mesmo receber ligações do iPhone e atender pelo computador!

14h47 – O novo OS X Yosemite está disponível a partir de hoje para desenvolvedores. Para os outros usuários será liberado em meados de outubro e novamente com atualização gratuita!

OS-x

14h49 – Tim Cook volta ao palco para falar sobre o iOS 8!

14h50 – Antes, Cook fala sobre os números do iOS. Já são mais de 500 milhões de unidades do iPhone vendidas, mais de 100 milhões de iPod Touch, 200 milhões de iPads. “Temos 97% de satisfação dos clientes”, diz Cook.

14h51 – Com 89% de adoção do iOS 7, Cook aproveita para cutucar o Google e o novo Android KitKat, que teria apenas 9% de adoção entre os aparelhos.

14h53 – Federighi sobe ao palco novamente para detalhar o iOS 8. “Nós refinamos a central de notificações do iOS 8″. Agora é possível responder diretamente a partir da notificação (similar ao Android) e a partir da tela de bloqueio também.

14h57 – O executivo também apresenta as novidades para a ferramenta Mail. Uma opção de “swipe” permite abrir uma nova mensagem enquanto mantém outra mensagem aberta de forma simultânea (uma função parecida com o Gmail para web).

Ive

14h59 – O launcher Spotlight, que terá funções similares às encontradas no OS X Yosemite, mas com itens a mais como pesquisar por apps, lugares de interesse, notícias e músicas (até mesmo dentro do iTunes).

15h01 – Federighi também destaca a nova ferramenta de teclado, chamada QuickType. No iOS 8 ela irá suportar sugestões e fará previsões conforme aprende com os hábitos de escrita do usuário.

15h03 – E pelo visto haverá suporte para o português brasileiro para o QuickType, conforme detalhou Federighi.

Type

15h05 – O app Message é o mais utilizado no iOS, segundo a Apple. Para melhorar esta aplicação a empresa irá incorporar uma opção de mensagens em grupo — você pode nomear o grupo, adicionar e remover pessoas dele.

15h06 – Também será possível compartilhar sua localização com os contatos e gravar mensagens de áudio ou vídeo e enviar para os destinatários.

Tap

 15h08 – E finalmente, o app Health!

15h11 – Federighi afirma que o iPhone foi amplamente usado por apps de saúde e dispositivos similares, mas que faltava um lugar para concentrar todos esses dados. E mantendo a privacidade do usuário — a Apple vem reforçando bem esse tópico na apresentação.

15h12 – A central “HealthKit” irá permitir que fornecedores de planos de saúde recebam e transmitam dados de checkups dos usuários.

Health

15h15 – A empresa também anunciou o app “Family Sharing”, onde é possível incluir até 6 pessoas da mesma família para automaticamente compartilhar fotos, calendário, lembretes e até mesmo localizar o dispositivo dos filhos! “Em casa costumamos compartilhar mídias físicas, mas cresce a quantidade de mídia que temos em nossos dispositivos. Agora você pode ter acesso não só ao que você compra, mas o que qualquer pessoa da sua família adquirir”. Será preciso compartilhar o cartão de crédito nesse caso também!

15h18 – Outra novidade está no iCloud, que aparentemente não terá mais limite de armazenamento. “Agora estamos reunindo as fotos com o iCloud. Toda foto que você capturar estará disponível em todos os seus dispositivos. Não estamos apenas preservando as edições, mas seu dispositivo tem acesso a mais fotos na nuvem do que você pode armazenar localmente”.

15h21 – Federighi também demonstra a nova ferramenta de edição para as fotos, dentro do iCloud. As edições também são sincronizadas em tempo real entre os dispositivos. Segundo ele, essa função também será liberada para Mac, mas somente no próximo ano.

15h25 – É, o limite do iCloud pode ter sido ampliado, mas ao passar de 5GB será preciso pagar pela armazenagem.

15h26 – A Siri também ganhou atualizações e agora é possível acionar a assistente pessoal sem precisar tocar no smartphone. Há também uma integração com o app Shazam para reconhecimento de músicas, compras no iTunes e 22 novos idiomas — nada de português para o Brasil, pra variar.

15h27 – Tim Cook volta ao palco para encerrar a apresentação, mas antes diz ter mais novidades….mas na App Store!

15h28 – Celebrando os mais de 75 bilhões de downloads, Cook apresenta algumas mudanças na App Store. A loja agora terá uma aba para explorar novos conteúdos, buscar apps que são tendência e escolha dos editores de melhores apps. Há também opção de baixar um pacote com aplicativos e uma prévia do app (não um trial, mas sim um vídeo!). Mas haverá a opção “TestFlight”, que será um programa beta para testar apps.

15h33 – Federighi volta ao palco para apresentar a ferramenta “Extensibility”, que permitirá que apps ampliem o sistema e ofereçam seu serviço para outros apps. Segundo o executivo, há mais de 4 mil novas APIs para desenvolvedores.

15h35 – Outro anúncio muito celebrado foi a inclusão de Widgets! Essas opções irão aparecer na central de notificações.

Widgets

 15h37 – Outra novidade é a possibilidade de utilizar o teclado produzido por terceiros, como opções com Swipe!

15h40 – A Apple também irá abrir o Touch ID para desenvolvedores. Desta forma será possível utilizar o leitor biométrico para proteger o acesso aos apps.

15h41 – Outro rumor levantado nos últimos dias acaba de ser confirmado: certificação para automação residencial da Apple — e com APIs. O “HomeKit” irá criar um único protocolo de rede para se comunicar com diferentes dispositivos residenciais, como fechaduras eletrônicas que se conectem com um smartphone.

15h42 – Haverá integração com a Siri, assim você poderá dar comandos como “se preparando para dormir” e sua residência entenderá o recado e fechará portas e diminuirá a intensidade das luzes automaticamente.

CASA

15h45 – Algumas novidades para desenvolvedores também foram destacadas: “CloudKit”, que cuida da integração dos apps com a nuvem; e o “Metal”, que ajuda a reduzir o uso do OpenGL nos gráficos, especialmente em games.

15h52 – A Apple demonstra algumas novidades em ferramentas para desenvolvedores como a nova linguagem de programação Swift;  o Xcode, conjunto de ferramentas para criação de apps em Mac e iOS; e o SceneKit, para renderizar conteúdos em 3D.

15h55 – O iOS 8 está disponível a partir de hoje em versão beta para desenvolvedores. E em meados de outubro para o público geral.

iOS-8

15h57 – Tim Cook volta ao palco e faz um resumo dos anúncios do keynote de hoje.

16h – E sem nenhuma novidade em hardware (iWatch? iPhone 6? iTV?), Cook agradece aos funcionários da Apple e se despede. Nós também encerramos a transmissão por aqui!

TIM-COOK