A edição 2012 da Campus Party, um dos maiores eventos tecnológicos e culturais do Brasil, chegou ao fim com clima de dever cumprido. Houve problemas, é verdade, assim como em todas as edições, mas no final, o saldo foi bastante positivo.

Atividades

Foram dezenas de palestras, debates e oficinas, sem contar os concursos e promoções realizados tanto na arena quanto na Zona Expo. No primeiro dia de atividades, por exemplo, um dos destaques foi Sugata Mitra, que falou de suas incríveis experiências envolvendo tecnologia e educação. Na quinta-feira, um ciborgue de verdade subiu ao palco principal para contar como é capaz de ouvir (é, ouvir) cores. Ontem, foi a vez do físico Michio Kaku, co-criador da Teoria de Campos de Cordas, arrancar aplausos dos participantes.

Michio Kaku no palco principal da Campus Party

Michio Kaku no palco principal da Campus Party

E é claro, os campuseiros também deram o seu show. Alexandre Ferreira, por exemplo, virou celebridade ao criar um incrível casemod de o Homem de Ferro. Era impossível não vê-lo dando entrevistas ou tirando fotos com outros participantes. Também vi muita gente trocando ideias, discutindo projetos, firmando parcerias, enfim. Com base nisso, não duvido nada que bons negócios surgirão a partir do evento.

Pin It on Pinterest